ULTRÉYA ITINERANTE 2017   Fotos
Abaixo


O QUE É ULTRÉYA?

Ultréya é uma palavra de origem espanhola que era pronunciada pelos peregrinos que chegavam a Catedral de Santiago, como mostra de júbilo por ter chegado ao fim de sua jornada. Não se trata somente de uma forma de verbalizar a alegria de ter chegado a Catedral de Santiago, mas algo como: “seguir em frente”, “ir mais adiante”, caminhar mais além” com entusiasmo para Jesus. Caminhar em busca da realização de um objetivo, de uma meta a qual tendo fé iremos alcançar, mesmo diante das dificuldades não devemos desistir, ainda que respeitando os nossos limites.

NO BRASIL

O MCC no Brasil influenciado na sua origem passou também a utilizá-la em todas as situações onde é preciso dar um passo a mais, ir além, caminhar mais profundamente, ir para águas mais profundas.

HOJE

Hoje, a palavra ultréya é utilizada em várias situações, em reuniões mensais de aprofundamento, promovidas pelos GEDs - Grupos Executivos Diocesanos, em assembléias, reciclagens, e assim por diante.

COMO ACONTECE

A Ultréya, geralmente, tem início com a celebração da Santa Missa, e depois com depoimentos e testemunhos de cursilhistas, que dizem como o Cursilho mudou a sua vida e como continuam firmes na caminhada do cristão comprometido e evangelizando os ambientes, proporcionando ardor missionário e reacendendo a chama dos que estão na caminhada, motivando-os a seguir em frente.

ULTRÉYA ITINERANTE

O Grupo Executivo Arquidiocesano de Maringá, juntamente com o Assessor Espiritual, seguem em caravana para uma cidade pré-estabelecida de nossa arquidiocese para a ultréya. Esta ultréya é carinhosamente preparada pelo MCC da cidade que recebe a caravana dos cursilhistas. Desse modo, percebemos que na medida em que avançamos no caminho, aproximamo-nos cada vez mais de Jesus, e mais nos sentimos com o espírito elevado e animados como o apóstolo Paulo. E assim, vamos seguindo em frente...



ÁLBUM DE FOTOS POR CIDADES - CLIQUE NA FOTO PARA ABRIR O ÁLBUM


Jandaia do Sul - Outubro de 2017

Clique na foto para acessar álbum







 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player